Concordia Consultoria inicia suas operações no Brasil

Concordia Consultoria inicia suas operações no Brasil

Empresa oferece serviços de consultoria estratégica em assuntos governamentais.

São Paulo, Setembro de 2014-  A Concordia Public Affairs Strategies (Concordia) anuncia o lançamento oficial do seu novo escritório em São Paulo. A Consultoria oferece atualmente serviços de estratégia em assuntos governamentais para empresas internacionais que estão investindo ou expandido suas operações no país, associações comerciais, e empresas brasileiras e estrangeiras já estabelecidas no mercado local.

“Ao combinar estratégia de negócios, inteligência regulatória, ações de comunicação e relações governamentais ajudamos nossos clientes a antecipar e reagir às políticas governamentais que afetam seus negócios, planejamento de longo prazo, e até mesmo operações cotidianas”, afirmou Davis Hodge, sócio e co-fundador.

A Concordia foi criada especificamente para preencher uma lacuna em um nicho do mercado brasileiro de serviços corporativos. “Os assuntos governamentais e a defesa de interesses corporativos no Brasil estão emergindo das sombras. Os avanços tecnológicos têm facilitado a coleta de informações relevantes e, ao mesmo tempo, fragmentado e democratizado os canais de comunicação. Como consequência, assim como já vem ocorrendo em outros países, as empresas multinacionais agora exigem soluções mais sofisticadas no Brasil para atender às suas necessidades cada vez mais complexas “, acrescentou Alberto Bueno, sócio e co-fundador.

Antes de fundar a Concordia, Alberto foi Sócio Diretor da Prospectiva Consultoria e assessor especial de Guilherme Leal, candidato a vice- presidente na chapa de Marina Silva em 2010. Anteriormente, ele trabalhou como especialista em comércio na Organização Mundial do Comércio e como consultor da McKinsey & Co., em São Paulo e Genebra. Seu sócio e co-fundador da Concordia, Davis Hodge, foi diretor de Relações Públicas e Comunicação Estratégica na Kreab Gavin Anderson, em Nova York, Bruxelas e São Paulo. Antes disso, trabalhou no Conselho Americano de Negócios Internacionais e no Banco Mundial.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *